O Grupo Cénico da Soir-Joaquim António de Aguiar apresenta
O Teatro das Maravilhas
de Miguel Cervantes

O  espectáculo, construido a partir dos entremezes: “Soldado Vigilante”, “O Velho Ciumento” e o “Retábulo das Maravilhas”, conta através do testemunho de um  grupo  ambulante, de vendedores de ilusões, estórias burlescas, de personagens de um retábulo de maravilhas, que ao nos quererem enganar nos divertem.
Um soldado e  um velho ciumentos e duas mulheres que não têm a liberdade para sair de casa, e que por isso recorrem  aos conselhos, ajuda e argúcia de terceiros, para escaparem à circunspecção de quem as obriga a abdicar do amor, em função da condição social.

Este espectáculo de humor corrosivo, onde os personagens de Cervantes são dentro de certa medida, nossos contemporâneos, tem encenação e concepção de espaço cénico de João Bilou, desenho de luz de Pedro Bilou, banda sonora e operação de som e luz de Fernando Dias, cenários e adereços de António Canelas e representação de António Oliveira, Claudia Bilou, Célia Dias, Rodrigo Pinto, João Barreiros, Marco Silva, Manuel Branco, Rui Salgado, Vanda Rebelo, Silvia Mendes, Jorge Lourido, Patricia Pereira, Maria Rosmaninho e Sara Dias.

Évora, Novembro de 2008

Grupo cénico da Soir- Joaquim António de Aguiar.

Condições Técnicas